Algo de valor acontece!

Na ponta final do ano, relembramos a opinião do nosso CEO sobre 2016 e as decisões tomadas que alavancaram o sucesso de 2017.

Se me perguntarem qual é a maior preocupação de um gestor, respondo sem hesitar: são as pessoas!

As pessoas devem ser o foco de uma gestão apostada em desenvolver o desempenho de uma equipa. Por isso mesmo, delineámos, para 2016, uma estratégia assente na valorização e no estímulo das pessoas, que fazem parte da FMQ.
 

Apesar de sermos uma empresa que olha sempre para o futuro, não podemos esquecer este último ano, já que teve um papel decisivo no reforço de uma identidade que não só nos define, mas também está na origem do nosso sucesso.
 

Foi o resultado de um plano delineado com prazer e afinco. Crescemos tanto em tão pouco tempo, principalmente pelo empenho dos 100 Gamers, que, actualmente, constituem a FMQ. Foi com base na procura da satisfação e consequente motivação, que concebemos iniciativas, nas quais todos se puderam expressar e desenvolver.
 

Criámos o espaço semanal Knowledge Sharing, internamente apelidado de KS, onde os Gamers partilham conhecimento sobre metodologias, novas abordagens ou tendências nas áreas onde actuamos. Não propiciámos apenas o desenvolvimento dos Gamers, mas demos-lhes a oportunidade de conhecerem novas dimensões, fora do âmbito do trabalho imediato e, simultaneamente, estabelecemos o convívio entre Gamers de diferentes equipas, entre as quais o dia-a-dia não promove um contacto tão intenso.
 

Quem não se lembra do primeiro dia de trabalho?! Há sempre um nervosismo inerente ao começo, uma tentativa de disfarçar o mal-estar ou o receio de que os colegas não nos recebam convenientemente. Com o objetivo de superarmos estas questões e marcarmos os novos Gamers, positivamente e no momento zero, criámos o Buddy. O Buddy é um programa, em que o Gamer é acolhido por um colega da sua nova equipa, tendo este a missão de o acompanhar durante todo o seu primeiro dia e, de forma orgânica, lhe assegurar um bom primeiro passo, na sua jornada na empresa.
 

Criámos, também, o Mentoring, com dois objetivos em mente: por um lado, pretende que os novos Gamers tenham um mentor durante 9 meses — alguém externo à sua equipa funcional e ao qual o novo Gamer pode sempre recorrer, para tirar todas as dúvidas inerentes ao funcionamento da empresa e à sua própria cultura. Este mentor é alguém treinado para o auxiliar no processo de integração e de resolução de desafios. Por outro lado, o programa treina as competências dos próprios mentores, de forma a estes estarem mais aptos a lidar com algumas questões, com as quais se deparam diariamente e, desta forma, desenvolverem as suas próprias valências individuais.
 

Em relação ao desenvolvimento de competências, sabemos que os nossos colaboradores são bastante capazes nas áreas das hard-skills. No entanto, estamos também conscientes de que uma mudança interna de área funcional, ou uma ascensão para uma posição de liderança, exigem, dos nossos Gamers, o recurso a importantes soft-skills. Por isso mesmo, apostamos forte nesse desenvolvimento, com programas montados especialmente para o efeito — é o caso do Talent Development.
 

Mas isto não ficou por aqui! Tivemos um team-building, que nos levou a percorrer a cidade do Porto e, ainda, um fim de semana unicamente destinado a treinar competências na área da Liderança.
 

As empresas são feitas de pessoas e para pessoas. Disto, ninguém tem dúvida e a FMQ tem, plenamente, essa consciência. O impacto destes programas internos fez-nos aumentar a produtividade e alcançar um novo posicionamento. Somos mais fortes, porque estamos mais juntos e estamos mais juntos porque a motivação nos permite contar com cada vez menos entropia, no nosso dia-a-dia.
 

Sabemos que muito há para melhorar… se não houvesse, não nos dava tanto gozo! Encaramos essa noção como o combustível que nos dá a energia para avançar no caminho certo, assente na criação de valor, que parte de cada um dos nossos Gamers. A eles e por eles, se deseja que 2017 seja um ano em que continuemos com o bom trabalho e que evoluamos ainda mais!



Nuno Gonçalinho - CEO
SHARE 
NOVEMBER 30, 2017